Caminhões-pipa ainda circulam em Alvorada neste sábado | Foto: Elias Valdez / Especial OA
Caminhões-pipa ainda circulam em Alvorada neste sábado | Foto: Elias Valdez / Especial OA

Apesar de água ter começado a sair pelas torneiras em vários bairros de Alvorada desde o fim da noite desta sexta-feira, algumas localidades ainda não tiveram o abastecimento restabelecido.

Bairros como Passo do Feijó, Água Viva e Bela Vista, por exemplo, voltaram a registrar torneiras secas nesta sábado (25). Em outros locais, como o Porto Verde e o Jardim Alvorada, na zona Sul, a água voltou durante a madrugada e horas depois já acabou.

O motivo, segundo a Corsan, é que o sistema ainda está sendo restabelecido. Entre 20% e 30% da cidade ainda está com problemas para receber a água potável, mas a companhia garante que até o final do dia toda a rede estará abastecida.

Em nota a empresa pediu a colaboração dos moradores. “Como a recuperação dos sistemas ocorre de forma gradual, a Corsan pede que a população priorize o uso da água para as atividades mais necessárias.” Segundo a companhia, a ajuda da população pode acelerar o pleno restabelecimento em todos os bairros.

Para atender os moradores que seguem sem a água, a Corsan manteve a circulação de caminhões-pipa neste sábado. Pela manhã, um dos veículos estacionou no bairro Passo do Feijó, próximo à sede da própria empresa em Alvorada.

Operação de guerra
Foram cinco dias sem água. A complexa operação que viabilizou o início da retomada do abastecimento foi concluída com sucesso na noite de sexta. Primeiro, a Companhia teve de erguer um barramento provisório para isolar do rio Gravataí a estação de captação, que foi inundada pela enchente.

Depois, foram realizadas a drenagem da água que invadiu o espaço e a secagem dos motores. Uma fuga de energia foi percebida no local e, então, precisou ser solucionada com a troca do equipamento que permite a entrada de eletricidade na estação. Restabelecida a energia elétrica, os motores foram religados.

Fonte: O Alvoradense