Primeiro vídeo da campanha mostra socorro à uma vítima de acidente de moto | Foto: Reprodução/OA
Primeiro vídeo da campanha mostra socorro à uma vítima de acidente de moto | Foto: Reprodução/OA

A nova campanha de trânsito do Ministério das Cidades para o Pacto Nacional pela Redução de Acidentes (Parada – Um Pacto Pela Vida) mostra pessoas comuns acompanhando o socorro de vitimas de acidente de trânsito.

A campanha Resgate entrou no ar no último domingo (10) e terá quatro filmes com voluntários que presenciaram, ao lado de profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), a experiência dramática de atender acidentados em estado grave.

Esta é a primeira vez que o Ministério das Cidades utiliza imagens reais em formato documental para uma campanha executada fora dos padrões das produções publicitárias tradicionais. Os quatro filmes terão um minuto de duração com pessoas comuns conhecendo a violência, o impacto e as consequências dos acidentes de trânsito. O primeiro dos quatro vídeos vai ao ar nas TVs abertas e fechadas até o próximo sábado (16), e também será veiculada em jornais e revistas.

O primeiro vídeo mostra o resgate a um acidentado de moto que perde a direção e bate em alta velocidade contra um poste. A ideia da ação é impactar as pessoas com cenas reais e o sofrimento vivido pela vítima de trânsito. Rafael Troiano, 24 anos, foi o primeiro a passar pela experiência. Ele conta que chegou ao local do acidente e ficou tentando entender a cena. “Me coloquei em uma situação real, nunca tinha presenciado algo parecido. A adrenalina foi lá em cima”, disse.

Rafael descreveu que sentiu impotência diante da cena, mas que a experiência o fez repensar atitudes que antes julgava sem importância. “Às vezes fazemos as coisas com pressa, ficamos desatentos. Essa situação me fez pensar um pouco mais antes de tomar atitudes como beber e dirigir. O que está em questão não é só a sua vida, mas a dos outros também”, ressaltou.

Com o slogan “Não deixe o trânsito mudar sua história. Seja você a mudança no trânsito”, a expectativa da campanha é fazer com que a população reflita sobre a necessidade de mudança de postura no trânsito mostrando a reação de cidadãos comuns ao presenciar o drama vivido por profissionais do SAMU e por diversas pessoas diariamente. Dados do Ministério da Saúde mostram que morrem quase cinco pessoas por hora em acidentes de trânsito, 120 por dia, mais de 43 mil por ano e mais de meio milhão ficam feridas.

Assista ao primeiro comercial da campanha:

Fonte: O Alvoradense