Aula inaugural do primeiro curso de instrutores do Proerd.| Foto: Divulgação/BM/OA

Foi realizada nesta segunda-feira, dia 14, às 14h, a solenidade da aula inaugural do primeiro curso de formação de instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) em Alvorada. O evento aconteceu no auditório do Colégio Érico Veríssimo e tem como objetivo formar os instrutores para lecionar o Proerd.

O curso reúne 30 policiais militares dos municípios de Alvorada, Viamão, Glorinha, Cachoeirinha, Nova Santa Rita, Esteio, Sapucaia, Gravataí e Canoas, que estão sob a jurisdição do Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), terá duração de 15 dias. A coordenação do curso fica a cargo do primeiro tenente Miguel Ourique que pertence ao efetivo do 24º Batalhão de Polícia Militar (24ºBPM).

Na solenidade estavam presentes o comandante do 24º BPM, tenente coronel Júlio César Rocha Lopes e seu subcomandante Major Marcelo Couto, o comandante do corpo de bombeiros de Alvorada primeiro sargento Benitez, o vereador Professor Daniel, Oficiais e Praças do 24ºBPM e membros da comunidade escolar.

O Tenente coronel Júlio César Rocha Lopes falou da importância do Proerd no combate a violência.| Foto: Divulgação/ BM/ OA

PROERD

O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD) é uma iniciativa da Polícia Militar de prevenção para crianças do Ensino Fundamental até o Ensino Médio. A ênfase deste programa é prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência  entre crianças e adolescentes.

O Programa  oferece estratégias preventivas para reforçar os fatores de proteção, em especial referentes à família, à escola e à comunidade, que  favorecem o desenvolvimento da resistência em jovens que poderiam correr o risco de se envolver com drogas e problemas de comportamento.

Hoje ele é desenvolvido em mais de 50 países, e cerca de 40 milhões de crianças por ano têm instrução com policiais Proerd.

Fonte: O Alvoradense