Operários já trabalham no interior do estádio | Foto: Divulgação / Beira Rio / OA

Em menos de um dia da assinatura do contrato entre o Internacional e Andrade Gutierrez, as máquinas já voltaram a trabalhar no estádio colorado, após 260 dias com as obras paradas.

Uma escavadeira hidráulica e outras duas máquinas iniciaram a limpeza do terreno, pois já havia acúmulo de entulho. A previsão é que nas próximas semanas as arquibancadas pré-moldadas voltem a ser instaladas.

O vice-presidente de assuntos especializados do Inter, Luciano Davi, diz que, após a conclusão da metade da social que já está demolida, a próxima etapa será demolir a metade da arquibancada inferior no lado do Gigantinho. Conforme a diretoria de patrimônio, a nova arquibancada terá quatro degraus a mais e ficará cerca de 15 metros mais próxima do campo. A obra está orçada em R$ 330 milhões. Desse valor, o clube colorado entrou com R$ 26 milhões, resultado da venda do Estádio dos Eucaliptos.

 

Fonte:  O Alvoradense