Foto: Wilson Dias / Agência Brasil / OA

O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que não pretende anunciar a sua renúncia do comando da Casa em entrevista prevista para ser realizada nesta terça-feira (21).

Nessa segunda, véspera do pronunciamento, Cunha considerou como “falta de assunto” as especulações sobre deixar a presidência da Câmara.

“Falarei amanhã em entrevista. E não tem renúncia”, afirmou o peemedebista. Questionado se iria apresentar uma defesa pessoal em decorrência do avanço do processo de cassação na Câmara, o peemedebista respondeu: “Geral. Não tem um ponto”.

Ontem o presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), retirou  da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) a consulta que poderia ajudar Cunha a reverter em plenário seu pedido de cassação aprovado pelo Conselho de Ética na semana passada. O pedido acabou arquivado.

A entrevista coletiva, chamada pelo parlamentar, está marcada para às 11h desta terça-feira em um hotel em Brasília.

Fonte: O Alvoradense