Dezenas de comerciantes do bairro Americana foram atingidos pela enchente no final do mês de agosto | Foto: Jonathas Costa/OA
Dezenas de comerciantes do bairro Americana foram atingidos pela enchente no final do mês de agosto | Foto: Jonathas Costa/OA

A Secretaria da Economia Solidária e Apoio à Micro e Pequena Empresa (Sesampe) do Governo do Estado disponibilizou R$ 15 milhões para auxiliar empreendedores populares de pequenos negócios atingidos pelas cheias no Estado.

O titular da pasta, Maurício Dziedricki, que está promovendo reuniões em diferentes locais que sofreram com o transbordamento das águas, adiantou que a decisão do Governo do Estado em liberar os recursos se deve à dimensão do desastre que atingiu a população mais carente.

Em doze rios foram registradas cheias excepcionais para a época do ano que acabaram por desabrigar e desalojar um grande número de pessoas no RS. São mais de mil os empreendedores populares de pequenos negócios atingidos e que terão recursos do Programa Gaúcho de Microcrédito para a retomada das atividades profissionais.

Com as cheias foram atingidos 36 municípios, entre eles Alvorada. Os bairros mais atingidos na cidade foram a Americana e Nova Americana, que chegaram a ficar 15 dias inundados. Os prejuízos ultrapassam os R$ 20 milhões na cidade.

• RELEMBRE: Comerciantes calculam prejuízos após alagamentos

Dziedricki, ao adiantar a criação da nova linha de Microcrédito das Chuvas no RS, disse que a modalidade é uma “rápida resposta para que cada comerciante atingido pela chuva possa restabelecer sua vida e condição de empresário com investimento e capital de giro com juros similares ao da poupança”.

O secretário destacou ainda que nesta segunda-feira (9), ocorreram reuniões com instituições de microcrédito “para agilizar o atendimento na liberação de créditos para os atingidos”. Também lembrou que o microcrédito gaúcho já beneficiou um total de 32.733 pessoas que investem pequenos valores na viabilização dos respectivos negócios.

Os comerciantes atingidos pelas cheias poderão utilizar o financiamento do Microcrédito para recuperar seu negócio, seja com o abastecimento de produtos para estoque ou com a aquisição de equipamentos necessários para a manutenção da atividade que desempenha.

Os empréstimos do Microcrédito vão de R$ 100 a R$ 15 mil, com juros mensais de 0,41% e pagamento em até 24 vezes. Os recursos disponibilizados são garantidos pelo Fundo de Apoio à Micro Empresa, ao Microporidutor Rural e Empresa de Pequeno Porte (Funamep).

A ICC Portosol é a responsável por atender os empreendedores de Alvorada vítimas das enchentes. A instituição de microcrédito fica na avenida Alberto Bins, 802, no Centro de Porto Alegre. Os telefones para contato são 3224–2244 e o 3366–1709.

Fonte: O Alvoradense