O ex-prefeito de Alvorada João Carlos Brum afirmou estar tranquilo, após ser informado pela imprensa da condenação emitida pelo Juiz de Direito Roberto Coutinho Borba a quatro anos e oito meses de prisão em regime semiaberto.

Em entrevista a’O Alvoradense, Brum disse que ainda não teve acesso ao teor da condenação, mas que vai entrar com recurso. Segundo o magistrado, o ex-prefeito pode recorrer em liberdade.

No despacho o Juiz afirmou que a assessoria jurídica do município da época teria alertado ao próprio prefeito que não haveria possibilidade jurídica de prorrogação do contrato emergencial alvo da condenação, sendo a prefeitura obrigada a realizar licitação.

O ex-prefeito nega o fato. “Nunca fui contra a Procuradoria Geral do Município”, disse. “Sempre prezei pela legalidade das contas da prefeitura”, garantiu Brum.

Fonte: O Alvoradense