WhatApp foi bloqueado novamente | Foto: Reprodução / Straitstimes.com / OA

Pela segunda vez este ano o uso do aplicativo WhatsApp foi bloqueado em todo o país por determinação judicial, desde as 14 horas desta terça-feira (19).

Desta vez foi a Justiça do Rio de Janeiro quem determinou o bloqueio que já iniciou. Isso porque o Facebook – da mesma empresa – se recusou a cumprir uma decisão judicial de fornecer informações para uma investigação policial.

A decisão foi tomada pela juíza Daniela Barbosa às 11h30 de hoje, e determinou a suspensão imediata às operadoras de telefonia, sendo que o bloqueio completo acontece até as 18h.

O Facebook informou que não vai se manifestar e a assessoria do Whatsapp disse não ter posição sobre a decisão, tomada pela quarta vez no Brasil. Antes de hoje o aplicativo já havia sido alvo da justiça em 2/5/16 e 16/12 e 25/2/15, quando aconteceu o primeiro bloqueio.

Diferente das outras vezes, não há um prazo definido para o retorno do serviço.Segundo a juíza, o Facebook foi notificado três vezes para interceptar mensagens usadas em uma investigação policial em Caxias, na Baixada Fluminense. Contudo a empresa respondeu através de e-mail, em inglês, onde o Whatsapp diz não cumprir a decisão “por impossibilidades técnicas”.

Segundo a decisão, o requerido é “a desabilitação da chave de criptografia, com a interceptação do fluxo de dados, com o desvio em tempo real em uma das formas sugeridas pelo MP, além do encaminhamento das mensagens já recebidas pelo usuário (…) antes de implementada a criptografia.”

Fonte: O Alvoradense