Argentino Diego Forlán acompanhou a vitória do Colorado | Foto: Alexandre Lops / Inter / OA

Antes de a bola rolar com o Cruzeiro de Celso Roth, as atenções estavam voltadas ao novo reforço Diego Forlán, que chegou a Porto Alegre por volta das 14h40min.

A expectativa era grande por parte dos colorados, afinal, o Internacional fez uma das maiores contratações do futebol brasileiro.

De acordo com a imprensa local, o uruguaio foi recepcionado por cerca de três mil torcedores no Aeroporto Salgado Filho. Durante 30 minutos, ficou evidente que o agora camisa 7 está bastante entusiasmado para entrar em campo. Segundo ele, estrearia contra o Santos, na próxima rodada.

Para os colorados preocupados com o setor ofensivo do time, um recado: Forlán deseja jogar no ataque.
Acabada a entrevista, Forlán e família se dirigiram ao Beira-Rio para acompanhar o jogo. E o jogador pode ver um clima amistoso entre as equipes, pelo menos nos primeiros minutos que antecederam a partida, quando Tinga e o técnico Celso Roth foram abraçados pelos jogadores da casa.

Com a bola em jogo, uma trégua às amizades. Sob os olhares de poucos torcedores – devido às obras para a Copa de 2014 –, D’Alessandro avançou e passou para Oscar, que fez o primeiro gol da noite. Mesmo com o placar aberto, Inter e Cruzeiro jogavam de igual para igual, abusando das marcações. Menos Nei, que deixou Willian Magrão livre para armar e até finalizar.

Antes do fim do primeiro tempo, Damião marcou o segundo gol do Internacional, com grande participação de Dagoberto. É, parece que a dupla convocada à Seleção Brasileira quis se despedir em grande estilo. Em resposta, aos 38 minutos, Tinga avançou sozinho em direção ao gol, e Muriel defendeu.

Na etapa complementar, o Cruzeiro voltou pressionando, mas, aos 11 minutos, num contra-ataque, foi o Inter que levou perigo ao goleiro Fábio.

E aí, na cobrança de escanteio, a bola sobrou para Léo, que, de bicicleta, descontou. Inter 2 a 1 Cruzeiro.

 

Fonte: Laura Toscani / O Alvoradense