Foto: O Alvoradense

Depois da Operação Sossego ter conseguido por fim às tumultuadas noites no posto da altura da parada 48, no Centro de Alvorada, o problema parece ter apenas mudado de endereço. Segundo moradores, há pouco mais de quinze dias o mesmo cenário visto ao lado da Prefeitura agora está alocado na esquina das avenidas Maringá e Getúlio Vargas.

A reclamação destes moradores são semelhantes aos da primeira região: bebedeira, algazarra e muito som alto. A festa dos carros de som durou até às 6h deste sábado (1º), por exemplo. Mesmo completamente fora do horário permitido para manter som alto, pelo menos cinco veículos permaneciam no local por volta das 5h30min.

Se por um lado moradores reclamam do barulho, do outro os jovens dizem ter direito a diversão. “O problema são os excessos. Era quase 6h da manhã e o som permanecia extremamente alto, a ponto da janela do meu quarto estremecer. Se eles tem direito ao lazer, nós temos o do descanso depois de uma semana inteira de trabalho”, relatou um morador que preferiu não se identificar.

Em evento na Acial na quinta-feira, Appolo relatou o esforço da Prefeitura para conseguir resolver a situação na 48. “Não aceitei quando me pediram para fechar o posto de gasolina. Eles pagam impostos como qualquer um. O problema foi resolvido com a união de esforços da Brigada Militar e Prefeitura”, afirmou o prefeito, citando as constantes blitz realizadas no local desde fevereiro.

Com a intensificação da presença policial e de barreiras da Balada Segura, o local começou a se esvaziar semana após semana, até o mudança completa de endereço.

Fonte: O Alvoradense