Incêndio atinge segundo andar de prédio onde funciona supermercado Do Sul, no Centro de Alvorada em 17/11/2013. Não houve feridos.

Mais uma ocorrência de incêndio em Alvorada precisou do apoio do Corpo de Bombeiros da cidade vizinha para ser atendida isso porque o caminhão que atende a cidade precisou, mais uma vez de reparos.

A ocorrência foi atendida, mas pelo veiculo que deveria estar lotado em Viamão, pois o da cidade apresentou problemas na bomba e desde a última terça se encontra em manutenção.

Segundo o comandante do Corpo de Bombeiros alvoradense, sargento Benites, a prática é usual dentro da corporação e impede que a cidade fique despreparada para atender uma ocorrência.

No começo do ano, logo após a tragédia da boate Kiss, em Santa Maria onde um incêndio matou mais de 200 jovens o governador Tarso Genro afirmou que o efetivo alvoradense receberia um veiculo novo para os atendimentos, porém, até o momento o anúncio não havia sido feito.

Em entrevista concedida a O Alvoradense o comandante estadual do Corpo de Bombeiros Guido Pedroso de Melo afirmou que até o final de dezembro a nova viatura estará atuando na cidade.

Segundo ele, o Estado já efetuou a compra dos 28 novos caminhões que irão guarnecer o Rio Grande do Sul e até o final deste ano os veículos estarão disponíveis nos municípios. “Até o final de dezembro a cidade vai receber o caminhão”, afirmou

Um novo veículo, de acordo com o sargento Benites, aumentaria a rapidez de resposta dos atendimentos. Atualmente, o Corpo de Bombeiros de Alvorada possui apenas um caminhão já com 16 anos de uso. “Um veículo novo é sempre mais confiável e seguro”, completou.

Em entrevista concedida ao Alvoradense, no ano passado o sargento Benites afirmou que desde 2010 a corporação aguarda esse veículo.

Aumento da fiscalização quer conter incidentes
Desde o começo deste ano, tanto o prefeito Professor Serginho quanto o Governador Tarso Genro afirmaram que incidentes como o acontecido em Santa Maria não iriam se repetir. Segundo a Coordenadoria Comunicação da Prefeitura Municipal de Alvorada, desde o começo do ano as secretarias e órgãos que coordenam a concessão de alvarás de funcionamento tem intensificado a fiscalização contra este tipo de incidente.

O Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI) passou a ser exigido de todas pessoas que buscam a autorização para abrir um negócio na cidade e revisões dos planos e projetos de prevenção contra incêndio são constantemente reforçadas.

As fiscalizações são feitas também mediante denúncia. Caso algum estabelecimento ofereça perigo aos frequentadores os clientes podem realizar a denúncia junto à Secretaria Municipal de Comércia e Indústria.

Fonte: O Alvoradense