Foto: Claudio Fachel / Palácio Piratini / OA

Balanço divulgado pela Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (26) indica que o número de estupros no estado aumentou 139% em 2016, na comparação com 2015.

Ao longo do ano passado foram registrados 1409 casos. Em 2015, os estupros registrados na Polícia eram 589.

Outros tipos de violência contra a mulher tiveram queda no período, como o feminicídio consumado e o tentado, a ameaça e a lesão corporal. Ainda assim, 96 mulheres foram mortas por companheiros ou ex-companheiros em 2016. No ano anterior, 99 mulheres tinham sido vítima deste mesmo crime.

Apesar de ter diminuído quase 8%, o número de casos de lesão corporal ainda é bastante alto no estado. Mais de 22,5 mil mulheres prestaram queixa contra agressões sofridas. Em média, 61 mulheres são agredidas por dia no Rio Grande do Sul.

Fonte: O Alvoradense