Mar perigoso foi a causa do aumento de ocorrências | Foto: Alina Souza / Palácio Piratini / OA

A Operação Golfinho encerra oficialmente as atividades nesta segunda-feira (02) nos litorais Norte e Sul do Estado. Na prática, no final da tarde deste domingo os salva-vidas já deixaram as guaritas.

A partir desta segunda, somente 37 guaritas estarão ativas: Torres (3), Arroio do Sal (1), Capão Novo (1), Capão da Canoa (3), Xangri-Lá (1), Imbé (5), Tramandaí (3), Nova Tramandaí (3), Cidreira (3), Pinhal (1), Quintão (1), Mar Grosso (1), Cassino (9) e Hermenegildo (2).

A Operação encerra as suas ações com crescimento de quase 30% nos salvamentos. A meta era de que houvesse uma redução de 10% na comparação com o ano anterior. Porém, como em alguns dias o mar esteve muito agitado, houve crescimento nas ocorrências. O maior volume foi no Litoral Norte, com 1.444 salvamentos. Destes, a concentração foi mais elevada nas praias de Torres e Capão da Canoa.

Fonte: Correio do Povo