Cuidados com a alimentação, hidratação e proteção solar também são importantes | Foto: Bloco Filhos da Foto / Divulgação / OA

Criança não cuida de outra criança. O excesso de confiança dos pais em delegar o cuidado dos pequenos aos maiores é o principal motivo de desaparecimentos durante o Carnaval. Para aproveitar as festas sem perder a alegria, a Polícia Militar recomenda que os pais cuidem pessoalmente dos filhos.

A maior incidência de desaparecimentos durante o carnaval é entre crianças pequenas, com idade entre quatro e sete anos de idade. Este tipo de ocorrência é o mais comum entre as atendidas pela polícia durante os dias de folia, mas não há estatísticas desses casos porque as localizações das famílias são feitas sem a necessidade de registros policiais.

No entanto, nem sempre esse processo de encontro dos pais é rápido. Por isso é importante preparar os filhos para imprevistos. Elas devem estar bem alimentadas e os pais devem preparar lanches e água para acompanhar nas saídas. Outro fator importante é o protetor solar.

Entre os casos que chegaram a ser registrados, a maior parte é de adolescentes. Apenas dois dos 16 comunicados são de crianças com menos de 11 anos. Em informe, o órgão destaca que entre as motivações mais comuns estão a fuga por conflitos familiares, violência doméstica, uso de drogas, perda por descuido ou desorientação. A maioria das crianças e pré-adolescentes alegou que apenas passou alguns dias na casa do namorado(a) ou amigo(a).

A Polícia Militar recomenda:

– Crianças devem ser cuidadas pelos pais,
– Não soltar a mão da criança,
– Evitar locais de grande aglomeração,
– Identificar a criança, para facilitar a localização, em caso de perda.

Fonte: O Alvoradense / Com informação Agência Brasil