Marcelo Machado é servidor do quadro da Prefeitura e pré-candidato pelo PCdoB | Foto: Jonathas Costa / OA

Pré-candidato a Prefeitura de Alvorada pelo PCdoB, Marcelo Machado tem em sua longa trajetória como servidor a base das mudanças que planeja para o município. Mesmo pequeno na cidade, o partido se articula para ter representante no pleito ou compor uma coligação forte e competitiva.

Em entrevista ao jornal O Alvoradense, Marcelo e Priscila Duarte, presidente municipal da sigla, demonstraram entusiasmo com o desafio, que reconhecem, será grande.

O partido tem conversado com outros grupos, como o PDT e o PT, siglas mais próximas ideologicamente. Apesar dessa proximidade, Marcelo pontua discordâncias “da forma como a cidade foi gerenciada nos últimos anos”. “Buscamos compor um campo ideológico popular de esquerda”, explica o pré-candidato.

Houve uma tentativa inicial de aproximação com o PSol, que em Alvorada tem como base os servidores municipais. As conversas, contudo, não avançaram.

Ainda que as coligações estejam indefinidas, o partido já iniciou a preparação do que considera o plano de governo ideal para cidade. Cientes dos desafios econômicos que terá pela frente, tanto na campanha quando em uma possível gestão à frente do Executivo, o pré-candidato diz ter ideias inovadoras e ao mesmo tempo simples, com efeitos práticos e de impacto no dia a dia do município. “São novos olhares sob a cidade, como o incentivo ao setor de serviços”, exemplifica.

O apoio da executiva estadual está garantido e, segundo Priscila, uma das grandes entusiastas da pré-candidatura é a deputada estadual Manuela D’Ávila, que já anunciou que não disputará a prefeitura da Capital.

Fonte: O Alvoradense