Polícia Civil orienta como proceder nos casos de contas virtuais “hackeadas”

Orientações são para Instagram nos sistemas Android e iOS

314
Ilustração: Reprodução / OA

Diante do crescente número de golpes aplicados pela internet, em especial através da rede social Instagram, a Polícia Civil divulga orientações de como proceder nos casos de “contas hackeadas”.

Para sistema operacional “Android”, proceda da seguinte forma:

Acesse o Instagram e insira o nome do usuário. Caso o suspeito tenha alterado, insira o novo Usuário. Clique em: “Obtenha ajuda para entrar”;

Coloque o nome do usuário, e-mail ou telefone e marque: “Preciso de mais ajuda”. Não clique em avançar;

Assinale: “Não consigo acessar este e-mail ou número de telefone”;

Marque: “Minha conta foi invadida” e avançar;

Marque “Sim, eu tenho uma foto minha na minha conta” e avançar;

Informe um e-mail para contato. Caso ocorra algum problema, crie outro e-mail;

Após receber um código de confirmação, insira e aperte confirmar;

Aperte em avançar para iniciar a gravação de uma selfie de vídeo;

Siga as instruções para completar a selfie. Caso ocorra algum problema ao finalizar, faça novamente. Caso tenha iniciado utilizando o nome do usuário, tente iniciar utilizando o número do telefone ou e-mail. Outra recomendação é instalar uma versão anterior do Instagram no smartphone e repetir o processo;

Para sistema “iOS”:

Crie uma nova conta de e-mail;

Saia de todas as contas que estiver logado;

Acesse o aplicativo Instagram;

Coloque o nome da conta invadida e clique em: “Esqueci a senha”;

Coloque seu nome de usuário e marque: “Preciso de mais ajuda”;

Marque a opção “Receber uma mensagem com o final do seu telefone” e solicite o código de segurança;

Caso a verificação em duas etapas estiver habilitada, marque: “Tentar de outra forma”;

Escolha a opção: “Obtenha Suporte”;

Marque: “minha conta foi invadida”;

Caso o perfil tenha uma foto sua, marque a primeira opção; caso seja uma conta comercial e não tenha identificador, marque a segunda opção;

Coloque o e-mail novo criado. Caso insira uma conta antiga, poderá ocorrer um erro;

Faça uma selfie de vídeo em local claro e clique em enviar. Você receberá uma confirmação e um link de recuperação no e-mail informado. Caso não seja aceito, reenvie.

Não conseguiu recuperar mesmo assim? Faça uma notificação extrajudicial ou ingresse na Justiça para obter uma ordem de recuperação.

Mais informações poderão ser obtidas na Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos e Defraudações (DRCID), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).