Imagens mostram a suspeita, que pode ser menor de idade, entrando no veículo | Foto: Divulgação/PCRS/OA

A Polícia Civil divulgou na tarde desta segunda-feira (02) imagens de uma câmera de segurança do ponto de táxi onde trabalhava Luis Antônio Oliver, de 40 anos, morto na madrugada do domingo a facadas na avenida Piratini.

Nas imagens é possível observar o momento em que a passageira entrou no veículo de Luis Antônio, às 5h34min. Ela sentou no banco da frente, ao lado do motorista, baixou o vidro manualmente e fechou a porta.

Segundo os colegas da vítima, cerca de quinze minutos depois de deixar o local, um motorista passou pelo ponto e avisou sobre a existência de uma ocorrência envolvendo um táxi no bairro Piratini. O grupo então foi até o local e confirmou a morte de Luis Antônio. Ele recebeu mais de 20 facadas na região do tórax, braços e rosto, e teve o celular, documentos e uma quantia em dinheiro roubados. A faca utilizada no crime foi encontrada próxima ao veículo.

Ainda não foi confirmada a identidade da suspeita, mas segundo relatos dos taxistas, trata-se de uma menor de idade. Para a polícia, é improvável que ela tenha cometido o crime sozinha. A investigação apura se uma terceira pessoa entrou no veículo ou se possivelmente aguardava pelo taxista no local do crime.

Informações podem ser repassadas pelo 3443-7560.

Fonte: O Alvoradense