Pacientes foram dispensados na tarde desta sexta-feira (1º) | Foto: O Alvoradense

Postos de Saúde de Alvorada voltaram a dispensar pacientes nesta sexta-feira (1º) alegando falta de materiais básicos nas unidades, como gaze e esparadrapo.

A Secretária de Saúde, contudo, nega que haja falta desses tipos de utensílios. “O que está havendo é falta de gestão nos postos, onde o gestor deveria realizar o pedido necessário até o próximo requerimento”, explica Charles Scholl, coordenador de Comunicação Social da Prefeitura.

Segundo ele, a Secretaria de Saúde possui estoque suficiente para atender a demanda, o que não justificaria a dispensa de atendimento. “Chega a parecer que é de propósito. Vamos investigar isso”, garante Scholl.

Nesta tarde, vários pacientes que procuraram atendimento no PAM 8 foram informados de que a realização de curativos seria realizada apenas a partir de segunda-feira. A falta de materiais também foi informada aos pacientes que procuraram atendimento na URS III, no bairro Jardim Alvorada.

O mesmo problema ocorreu na semana passada na Unidade Básica de Saúde do bairro Cedro, onde a falta de materiais chegou a durar 15 dias, mesmo com estoques cheios na Secretaria de Saúde.

Além da reposição imediata dos materiais, a Secretária de Saúde informa que deve tomar medidas para evitar a repetição do problema.

Fonte: O Alvoradense