Alvorada receberá mais seis equipamentos eletrônicos, como lombadas e furões em diversos pontos da cidade.  A Secretaria de Mobilidade e Segurança Urbana (SMSU), através do gerente de trânsito, Mario Jobim, afirma que os dispositivos serão instalados na avenida Zero Hora com a rua Hermínio Machado; na rua André Puente com a Tibúrcio de Azevedo; na avenida Frederico Dihl, próxima ao residencial Florida Real, na rua Pindorama; na avenida Presidente Getúlio Vargas, na farmácia municipal; na rua Itareré, próximo à rua Porto Rico; e na rua Castelo Branco, no cruzamento com a Juruá.

A companhia responsável pela instalação é a Kopp Tecnologia, vencedora da licitação para a contratação especializada no fornecimento de equipamentos de fiscalização eletrônica, e que em 2011 esteve envolvida em denúncias de um suposto esquema de corrupção que envolve prefeituras na contratação de controladores de velocidade.

O Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado têm inquéritos e inspeções envolvendo contratos assinados por 21 municípios gaúchos. Em duas cidades, Carazinho e Arroio do Meio, ações dos órgãos de controle já redundaram em rescisões de contrato com a Kopp pela suspeita de irregularidades. O município de Erechim cancelou o contrato com a empresa, mas, mesmo assim, as investigações estão tendo continuidade.

Conforme uma auditoria realizada pelo TCE, não existe nenhuma ação contra a prefeitura de Alvorada, porém, existe um inquérito civil pelo MP que ainda está em fase de investigação. De acordo com a promotora do município, Rochelle Jelinek, ainda são necessários mais esclarecimentos sobre o caso. O contrato de cinco anos da prefeitura com a Kopp não foi suspenso, mas encontra-se em vigência, segundo o MP.

De acordo com a SMSU, a partir de julho serão iniciadas as instalações dos equipamentos, como as lombadas eletrônicas, que têm como objetivo reduzir a velocidade, principalmente para proteção de pedestres e ciclistas. Tendo um caráter permanente, os controladores de velocidade, como já diz o nome, vão controlar a velocidade para a via. Furões serão implantados nos semáforos. O motorista que avançar o sinal vermelho ou até mesmo parar sobre a faixa receberá notificações, pois o equipamento registra duas imagens, que demonstram a condição do veículo perante situação da cor do semáforo, e a faixa de pedestre no momento da captura da imagem.

Os equipamentos deverão multar quem andar além da velocidade permitida só no começo do ano que vem, pois é necessária uma adaptação de seis meses.

 

Fonte: Fernanda Escouto / OA