Foto: TSE / Divulgação

Na quarta-feira (15) o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, vetou o uso de identificação por biometria nas eleições municipais deste ano devido à pandemia de Covid–19. A decisão foi tomada seguindo recomendação de médicos e infectologistas que auxiliam o tribunal nas tomadas de decisão envolvendo as eleições.

Como esse tipo de identificação costuma ser mais lento poderia ocasionar filas e aglomerações, o que não é recomendado nesse momento de pandemia. A decisão deve ser levada ao tribunal para votação dos demais membros na volta do recesso. Já havia sido aprovada no inicio deste mês PEC que adia as eleições para novembro, com o primeiro turno dia 15 e o segundo dia 29.

Em Alvorada 132 mil eleitores estariam aptos a votar através do reconhecimento biométrico.