Jogo ocorreu no ginásio do Capingui, em Passo Fundo | Foto: Ser Alvorada / Divulgação / OA

O Ser Alvorada / São Marcos perdeu na noite deste sábado (23) para o Passo Fundo no ginásio Capingui pela segunda rodada do returno da Série Prata de futsal. A derrota interrompeu a sequência de cinco jogos em que o Leão de Alvorada não perdia.

Os primeiros cinco minutos teve poucas finalizações. Rafinha até tentou, mas após matar no peito e chutar forte, a bola foi para fora. Francisco mais uma vez realizou a troca de todo o quarteto em quadra. A técnica, já implementada nos últimos jogos, tem demonstrado sucesso ao dar novo fôlego para os alvoradenses em quadra.

Faltando 9’44, Pé fino fez boa finalização e quase abriu o placar, mas foi parado em uma falta. As faltas, aliás, foram constantes na primeira etapa. E foi justamente na cobrança de falta que nasceu o gol do Passo Fundo.

Ao chutar, a bola chegou a bater no braço de Juninho. Os jogadores do Ser Alvorada ao reclamaram pênalti e deram espaço para Guilherme Fávaro bater sem chances para o goleiro alvoradense.

Nos minutos seguintes Bruno Muralha fez duas ótimas defesas no chute e no rebote de Natan. O susto deu novo ânimo ao Ser Alvorada. Marciel não desperdiçou a oportunidade dada pela roubada de bola de Bicudo e mandou a bola para o fundo da rede, deixando tudo igual na primeira etapa.

O jogo recomeçou com o mesmo quarteto do início do jogo. O time demonstrou vontade de passar na frente no placar. Nos dez minutos iniciais, duas grandes chances acabaram desperdiçadas. Na segunda oportunidade, depois de uma ótima jogado de Bilo, Véfo fez grande finalização, mas a bola não entrou.

Quem não faz, leva! Faltando 11 minutos para o fim da partida, Zé Renato fez jogado de pivô, um giro espetacular a tocou a bola de direita, no ângulo, deixando mais uma vez o Passo Fundo em vantagem: 2 a 1.

No minuto final o time da casa voltou a assustar com dois chutes fortes ao gol. Mas não houve alteração no placar.

Fonte: O Alvoradense