Material apreendido lotou três caminhões da Polícia Civil | Foto: PC/Divulgação/OA
Material apreendido lotou três caminhões da Polícia Civil | Foto: PC/Divulgação/OA

Subiu para 46 o número de presos pela Operação Hipertrofia, da Polícia Civil, que investiga a venda ilegal de anabolizantes e suplementos alimentares no Rio Grande do Sul.

Trintas mandados de prisão foram cumpridos na Região Metropolitana e outros 16 em municípios do interior do Estado. As detenções ocorreram por crimes de tráfico de drogas, contra relação de consumo e contra a saúde pública. Os presos foram autuados e encaminhados ao sistema prisional.

A ação ocorreu simultaneamente na manhã desta segunda-feira (9) em 16 municípios gaúchos, entre eles Alvorada. Foram recolhidos diversos produtos de suplementos alimentares e serão incinerados. A Polícia Civil precisou de três caminhões para recolher as mercadorias.

Foram cumpridos 123 mandados de busca e apreensão em Porto Alegre, Canoas, Novo Hamburgo, São Leopoldo, Estância Velha, Gravataí, Alvorada, Montenegro, Rio Grande, Pelotas, Santana do Livramento, Caxias do Sul, Bento Gonçalves, Torres, Capão da Canoa e Tramandaí.

Cerca de 750 policiais participaram da operação, que conta também com equipes de fiscais do Procon Estadual e Procon e Vigilância Sanitária de Porto Alegre.

Fonte: O Alvoradense