Almoço na sexta-feira, dia 15, marcou um ano de funcionamento do Sopão Alvorada, localizado na Avenida Pátria | Foto: Samuel Silveira / OA

A ação começou apenas como uma vontade de ajudar o próximo e se tornou uma realidade muito maior do que o que as 15 pessoas que participam da associação pensaram no começo. O primeiro sopão foi em 2004 e alimentou 86 pessoas. Hoje, são cerca de 200 almoços servidos diariamente a preços populares que garantem a alimentação de moradores de rua e catadores de lixo de Alvorada.

O trabalho de Etione Dornelles e toda a sua equipe começou, assim como todo projeto, despretensioso, e foi crescendo a partir do momento em que eles foram percebendo a importância que os projetos sociais têm para a cidade. O trabalho não seria nada se não fosse a união das 15 pessoas que fazem parte da associação e contribuem doando alimentos, e principalmente tempo, para o preparo das refeições.

Do começo difícil em um ônibus que ia até os locais com maior concentração de moradores carentes até a construçao do primeiro restaurante popular de Alvorada foram oito anos de muito trabalho, em que a união mostrou toda a sua força. O restaurante é uma realidade e, com preços populares, alimenta cerca de 200 pessoas por dia.

Em seu primeiro aniversário, 300 almoços foram servidos durante a festa, que se estendeu até parte da tarde da última sexta-feira, dia 15. Etione reforça mais uma vez que tudo só foi possível com a união dos amigos e parceiros da associação. Sem dúvida nenhuma “é a união que faz a força”, como afirma Etione.

Um sonho que se tornou realidade

Assim como diz a canção “Prelúdio”, de Raul Seixas, “sonho que se sonha junto é realidade”. O aniversário de um ano da sede da Associação Beneficiente Sopão de Alvorada é um sonho dividido entre um grupo de amigos que se concretizou. Mas o sonho ainda pode crescer. O futuro da associação pode ser promissor; exis-te o projeto de ampliar e expandir o trabalho, chegar em mais pontos da cidade e aproximar ainda mais a população mais carente da cidade da cidanania.

O restaurante popular é uma vitória e já faz a diferença em muitas vidas, mas ainda é pouco. O grupo pretende expandir o projeto a outros bairros da cidade e servir refeições a preços populares a mais pessoas. Hoje, o valor de R$ 2,99 cobrado pelos almoços de segunda a sexta-feira garante o pagamento das contas do estabelecimento. A meta é expandir para poder cobrar ainda mais barato pelas refeições diárias, e assim poder alimentar ainda mais gente. O plano é poder começar a cobrar apenas R$ 1,99 pelos almoços.

Quando todos se unem, é possível fazer muito. O restaurante funciona na Avenida da Pátria, número 76, todos os dias, e recebe inúmeras doações. Não só de alimentos; pessoas que podem doar seu tempo e se dispuserem a ajudar o grupo a disseminar o trabalho são bem-vindas. Se cada um fizer um pouquinho, todos ganham muito. Como afirmam os membros do grupo, ações como esta são de extrema importância para a autoestima das pessoas de uma cidade inteira.

 

Fonte: Amanda Fernandes / O Alvoradense