Soul hasteou bandeira a meio mastro em sinal de luto pela morte do cobrador | Foto: Jonathas Costa / OA
Soul hasteou bandeira a meio mastro em sinal de luto pela morte do cobrador | Foto: Jonathas Costa / OA

A Soul lamentou na manhã desta sexta-feira (10) a morte do cobrador Renan Cazulke, de 28 anos, ocorrida após um assalto na madrugada próximo à garagem da empresa.

Renan havia deixado o trabalho quando foi abordado por dois homens à bordo de uma bicicleta. O cobrador, que estava acompanhado de um colega, se negou a repassar o celular e acabou atingido por dois disparos no peito.

“Ele estava voltando para casa, é uma situação lamentável, estamos muito tristes”, disse Fernanda Cardoso, supervisora de Relacionamento da empresa.

Nesta manhã, colegas de Renan lamentavam a morte do amigo em conversas na frente da garagem da Soul. A empresa hasteou a meio mastro a bandeira do Brasil que fica no pátio da companhia.

Amigos e familiares afirmaram que pretendem organizar uma manifestação, mas ainda não foram divulgadas mais informações.

O velório deve iniciar a partir das 18h no Cemitério Parque São Jerônimo.

Fonte: O Alvoradense