quinta-feira, 9 de julho de 2020
- PUBLICIDADE -

Tópico: Luto

A maior defesa da história do futebol

Assim definiram os torcedores da Chapecoense na última quarta-feira (23), depois do pé direito de ”São” Danilo, apelido recebido pelo goleiro do Índio Condá, ter garantido o empate após a semi final da Sul Americana, contra equipe argentina do São Lourenço. "Que defesa meu Deus", gritou um torcedor no estádio. "Milagre!", proferiu um dirigente apaixonado. "O Gordon Banks verde", pronunciou o narrador. A maior defesa do século, que levou o time Catarinense a disputar a final mais sonhada da história do clube, é também relacionada à pior tragédia do futebol mundial. E se aquela bola tivesse entrado? O roteiro da vida teria alterado os atores...

Fotógrafo Chaparral morre aos 60 anos

Presença sempre confirmada em eventos da cidade, Luiz Carlos faleceu nesta madrugada

Soul lamenta morte de cobrador

Empresa hasteou bandeira a meio mastro em sinal de luto

Escritor Carlos Urbim morre em Porto Alegre

Jornalista foi patrono da Feira do Livro em 2009 e tinha 67 anos

Paulo Goulart morre aos 81 anos

O ator esteve internado em 2012 devido a um câncer na região dos pulmões