Crime ocorreu na rua Campos Verdes | Foto: Paulo Nunes / Especial CP
Crime ocorreu na rua Campos Verdes | Foto: Paulo Nunes / Especial CP

As investigações para apurar a autoria do crime que matou o sargento da Brigada Militar Milton de Pádua Martins, de 52 anos, e o filho dele, Ismael Martins, de 20, em uma emboscada no bairro Salomé na tarde de sexta-feira já têm os nomes dos três suspeitos.

• LEIA MAIS: BM cancela cerimônia de troca de comando após morte de sargento

Um deles já havia sido identificado durante o final de semana. Trata-se de um homem que há cerca de dois meses chegou a ser indiciado por tentativa de homicídio. Na ocasião, a polícia solicitou a prisão preventiva do suspeito, o que foi negado pela Justiça.

Nesta segunda-feira (6), os outros dois nomes vieram à tona.  A identidade de todos, contudo, ainda não foi divulgada para não atrapalhar as investigações, realizadas pela Delegacia de Homicídios de Alvorada.

Após perseguição, carro colidiu em prédio na Itararé | Foto: TV Canal Sul / Divulgação / OA
Após perseguição, carro colidiu em prédio na Itararé | Foto: TV Canal Sul / Divulgação / OA

Perseguição
Na noite de domingo (5) o principal suspeito pelo duplo homicídio foi localizado e chegou a trocar tiros com a Brigada Militar. Durante a perseguição por ruas do bairro Nova Americana, na zona Norte de Alvorada, o carro em que dirigia, um Honda Civic roubado e com placas clonadas, colidiu em na parede um prédio na avenida Itararé.

O homem fugiu por um matagal e não foi mais encontrado. Há suspeita de que ele possa ter sido baleado no tórax.  Um alerta foi dado em toda a rede hospitalar. No veículo, os policiais militares apreenderam um revólver calibre 38 e um radiocomunicador sintonizado na faixa de comunicação da Brigada Militar, além de uma mochila com roupas.

O crime
O sargento morto havia entrado em férias na quinta-feira. Ele era lotado no Pelotão de Operações Especiais (POE) do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), de Porto Alegre, e tinha 30 anos de atuação no policiamento. O comando do 9º BPM também auxilia na investigação.

O enterro de pai e filho ocorreu na manhã de sábado no Cemitério Parque São Jerônimo, no bairro Formoza, e recebeu honras militares.

Fonte: O Alvoradense