Foto: Câmara de Vereadores / Divulgação / OA

Durante a sessão da Câmara de Vereadores na última terça-feira (8), foi instaurada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os gastos da Secretaria Municipal de Educação, muitos deles recentemente denunciados pelo jornal O Alvoradense.

O pedido partiu do vereador petebista Gerson Luis, que deverá presidir a CPI que irá investigar a compra de 70 lousas digitais no valor superior a R$ 31 mil a unidade, totalizando mais de R$ 2 milhões; aluguel de três pick-ups cabine dupla, com valor unitário passando R$ 71 mil; 13 mil pares de tênis, ao valor total de cerca de R$ 700 mil e que não haviam ainda sido entregues aos alunos até o mês de agosto.

“Vamos buscar entender esses gastos e informar a comunidade para aonde está indo seus recursos”, garantiu Gerson Luis.