ARCCA quer investimento semelhante ao do ano passado, quando a escola Bem Vinda foi a campeã | Foto: CCS / Arquivo OA

O presidente da Associação Recreativa dos Carnavalescos de Alvorada (ARCCA), Atonio Namor, afirmou em entrevista a’O Alvoradense nesta tarde que caso a prefeitura não aumente a verba destinada às sete escolas de samba do Grupo Especial os desfiles serão cancelados. “Se for para realizar um evento sem o nível do ano anterior, então melhor não fazer nada”, afirmou.

Namor explicou que em 2012 o governo repassou R$ 22 mil para cada escola. Neste ano a prefeitura acenou inicialmente com R$ 10 mil, mas chegou a R$ 14 mil depois de algumas negociações. Ainda assim as agremiações afirmam não ser possível realizar o evento.

“O povo que vai nos assistir na avenida exige que façamos um desfile digno”, explica o carnavalesco. Para ele as escolas do Grupo Especial de Alvorada apresentam uma evolução ano após ano. “Seria inadmissível um retrocesso agora”, acredita.

A diferença entre o que pede as escolas e o que oferece a prefeitura é de R$ 8 mil por agremiação. Ao todo, o montante chega a R$ 56 mil. “Este valor não resolve o problema financeiro da cidade, então não entendemos como eles se recusam a nos repassar”, questiona Namor.

O presidente da ARCCA chegou a ligar para o secretário de Cultura, Luiz Carlos Silveira, para informar do cancelamento do evento. No entanto, segundo informou Namor, Silveira teria sinalizado que iria realizar uma última tentativa para viabilizar a realização do evento.

Em 2012 os desfiles levaram 37 mil pessoas para a avenida em cada dia do evento, que teve como campeã a escola Bem-Vinda.

Neste ano o Carnaval em Alvorada está agendado para acontecer entre os dias 22 e 24 de fevereiro. Até o momento não há confirmação sobre a realização dos desfiles ou não.

Fonte: O Alvoradense