A morte de Dalmi Angelo Verri, de 49 anos, após reagir a um assalto na tarde dessa quinta-feira (15) chocou os moradores do bairro Salomé. Segundo testemunhas, o comerciante, que tinha uma loja de games na rua Povo Unido, foi morto por dois jovens, já conhecidos da região por assaltos constantes, que contaram, desta vez, com o apoio de uma mulher loira.

Até mesmo a tática dos bandidos é conhecida. Eles aguardam do lado de fora da loja a chegada de clientes e entram no estabelecimento ao mesmo tempo que eles. Lá dentro, armados, anunciam o assalto.

Dalmi já tinha sido alvo da dupla de criminosos no ano passado pelo menos outras três vezes. Desta vez, ao reagir, acabou baleado no coração e morreu no hospital. O comerciante deixa mulher e dois filhos.

Ontem, a Brigada Militar também divulgou que Dalmi tinha antecedentes por ameaça e lesão corporal. Amigos e familiares esclareceram nesta sexta-feira (15) que se trata de uma desavença com a ex-mulher ocorrida anos atrás. “O certo é que toda a comunidade conhecia Dalmi, uma referência para nós”, contou um amigo.

Fonte: O Alvoradense