A taxa de desemprego no paísfechou o mês de novembro em 4,6%. O dado foi divulgado nesta quinta-feira (19) na Pesquisa Mensal de Emprego (PME) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).PIB_2011

Essa é a menor taxa da história, igualada ao índice de dezembro de 2012, que também foi 4,6%. O IBGE passou a divulgar os dados em 2002.

O contingente de pessoas desempregadas (1,1 milhão) caiu 10,9% em relação a outubro, porém manteve-se estável na comparação com novembro de 2012. Já o contingente de empregados (23,3 milhões de pessoas) manteve-se estável em ambas comparações.

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,8 milhões) ficou estável em relação a outubro deste ano, mas cresceu 3,1% na comparação com novembro do ano passado.

Entre as categorias profissionais, todas mantiveram praticamente o mesmo número de postos de trabalho de outubro. Na comparação com novembro do ano passado, o comportamento foi semelhante para a maioria das categorias, com exceção da indústria, que teve queda de 3,9% (menos 145 mil postos de trabalho), e dos serviços domésticos, com redução de 12,2% (menos 186 mil postos).

Região Metropolitana
A taxa de desemprego na Grande Porto Alegre recuou pela terceira vez consecutiva e, novamente, bateu recorde. O índice de novembro mostra que apenas 2,6% da população da região está desocupada. Em outubro, o índice era de 3%.

O percentual registrado na capital gaúcha é o menor entre todas as cidades pesquisadas.

O rendimento médio do trabalhador gaúcho é de R$ 1.951,40, valor 1,8% maior que o do mês passado. No ano, o rendimento aumentou 8,9%, em média.

Fonte: O Alvoradense / Com informações da Agência Brasil