Operação ocorreu durante evento de som automotivo no Sambódromo | Foto: Deic / Divulgação / OA

Sete pessoas foram presas em operação do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) durante um campeonato de som automotivo, realizado no Sambódromo de Porto Alegre neste domingo. A ação tinha como objetivo encontrar baterias estacionárias furtadas de empresas de telefonia. Oitenta e sete equipamentos desse tipo foram apreendidos. O valor dos bens recuperados é estimado em mais de R$ 50 mil.

As baterias estacionárias são subtraídas de estações rádio base de empresas concessionárias de telefonia, cuja finalidade é quase exclusivamente para a utilização em som automotivo. O responsável pela ação, o delegado Luiz Fleck, ressaltou que estes furtos causam grande prejuízo ao serviço prestado, podendo acarretar inclusive a queda de todo o serviço de telefonia em uma determinada região.

Além das sete prisões e das 87 baterias recuperadas, foram apreendidos 27 veículos por irregularidades administrativas, além de uma apreensão criminal para averiguação, por suspeita de clonagem. A autuação por receptação qualificada tem pena de dois a oito anos de prisão.

Ao todo, 68 policiais civis participaram da operação na tarde deste domingo. A ação contou ainda com o apoio do Grupamento de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil, além da participação da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC), que verificou a situação legal dos veículos.

Fonte: Correio do Povo