O prefeito de Alvorada, Sérgio Bertoldi, membros do primeiro escalão do governo e representantes do Corpo de Bombeiros se reuniram na tarde desta quinta-feira para debater como será a intensificação da fiscalização de casas noturnas.

O aumento na vigilância se intensificou em praticamente todas as cidades do país após o incêndio na boate Kiss deixar mais de 230 mortos em Santa Maria no último domingo.

Segundo Bertoldi, a ação conjunta entre Prefeitura, Smic e Corpo de Bombeiros, busca fiscalizar se os locais que já possuem alvará para funcionar também estão com a documentação regularizada junto aos Bombeiros, em especial o Plano de Prevenção de Incêndio (PPI).

Da reunião saíram medidas práticas que devem ser postas em prática neste final de semana.

Segundo o prefeito, a fiscalização será rígida: “Vamos atuar muito forte nisso e não vamos tolerar irregularidades”, comentou.

Apesar do apelo público e de insistentes buscas de informação pela reportagem d’O Alvoradense, até o momento não foi divulgada uma lista oficial sobre a situação das casas noturnas da cidade.

A informação de que dos seis estabelecimentos mais movimentados da cidade, pelo menos quatro possuem problemas com documentação ainda não é confirmada, assim como não é desmentida.

Segundo o prefeito, a lista deverá ser divulgada em breve. Ainda assim, Bertoldi garante que tudo está sendo realizado para garantir a segurança. “Se depender do poder público, esta tragédia não se repetirá em Alvorada”, prometeu.

Fonte: O Alvoradense