Quando acuado, animal fica no formato de uma bola | Foto: Divulgação / OA

O Brasil já tem o novo mascote do maior evento de futebol do mundo. O Tatu-Bola, animal brasileiro também encontrado nas fronteiras da Argentina e Bolívia, foi o escolhido pelo Comitê Organizador Local com o auxílio da ONG cearense Associação Caatinga. Porém, antes de anunciarem o mascote, será preciso registrar a marca na Europa.

O motivo pela opção do bicho foi bem simples. O tatu, além de correr risco de extinção, desenvolve em sua curvatura a forma de uma bola quando ameaçado.

O Tatu-Bola ganhou a disputa para ser mascote competindo com o Saci, figura preferida do ministro dos esportes, Aldo Rebelo, da onça pintada e da arara.