Anúncio foi feito em coletiva de imprensa com o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana | Foto: Camila Domingues / Palácio Piratini / OA

O Governo do Estado anunciou na manhã de hoje o pagamento do Piso Nacional do Magistério aos professores da rede estadual de ensino. O acordo parcial com o Ministério Público (MP) foi divulgado na entrevista coletiva, no Palácio Piratini, com a presença do chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o Procurador do Estado, Evilázio Carvalho da Silva, e pelo Procurador-Geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga.

O professor do estado receberá valor igual ao superior Piso Nacional, sendo o valor fixado pelo Ministério da Educação de R$ 1.451,00 para regime de 40 horas semanais. O pagamento retrocederá ao mês de abril deste ano e será pago em folha complementar no dia 15 de maio.

Para os professores ativos ou inativos que recebem menos que o Piso Nacional, o estado pagará uma parcela competitiva ao vencimento básico, para que todos atingem o valor mínino de R$ 1.451,00. De acordo com o chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, o benefício atingirá cerca de 20 mil professores.

A decisão é provisória e ficará em vigor até que o MP julgue a ação contra o governo estadual.

 

Fonte: O Alvoradense