A nova fábrica da Digitel S/A, empresa gaúcha líder na produção de equipamentos para a comunicação de dados e rádios-base digitais para operadoras de telefonia, inaugura nova fábrica nesta segunda-feira, dia 16, no Distrito Industrial de Alvorada. O governador Tarso Genro estará presente no evento.

No local, dois prédios de 4.500 m² foram construídos em uma área total de 530 mil m², que devem dobrar a capacidade de produção da empresa. A nova sede terá 200 colaboradores e existem planos para a expansão da área, que pode chegar a 8 mil m² de área construída, atraindo inclusive seus fornecedores, além de cirar um setor especifico para logística de importação.

Para a construção desta primeira fase da expansão, a empresa teve um investimento inicial de R$ 10 milhões. Para a segunda fase, com mais de 3.200 m², estará prevista a cons-trução de um prédio administrativo que deve ficar pronto até o final de 2013.

A Digitel investe há 34 anos no desenvolvimento de tecnologia e produção própria de produtos para telecomunicação nos mercados nacional e internacional, e fatura cerca de R$ 50 milhões por ano.
A vinda da empresa para Alvorada começou a ser articulada durante o governo do ex-governador Germano Rigotto, com a assinatura do contrato que oficiali-zou o repasse do terreno, que anteriormente seria ocupado pela Dell em Alvorada.

A meta da empresa é transformar Alvorada em um pólo de empresas de tecnologia, com fornecedores dos equipamentos por ela produzidos. Para isso, a empresa prevê investimenos de R$ 100 milhões nos próximos dez anos.

Perfil

A Digitel é uma das maiores fabricantes nacionais de equipamentos de comunicação de dados, como modens, roteadores, rádios digitais e multiplexadores.
A moderna e automatizada unidade fabril está equipada com as mais avançadas tecnologias de montagem em superfície e com os mais atualizados processos de produção e testes automáticos das placas, produzindo até 10 mil produtos por mês.

Entre os produtos da empresa, destacam-se rádios-base digitais de alta capacidade da família DSR-6 38/200M, destinados às operadoras de telefonia.

Liderando um consórcio de empresas nacionais, a Digitel firmou em 2011 contrato com a Telebrás para fornecer em quatro anos cerca de 6.500 enlaces de rádio de alta velocidade para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), e com isso viabilizar a internet de alta velocidade às camadas mais pobres da população brasileira.
Do total de R$ 1 bilhão previsto pelo PNBL para investir em quatro anos, só o sistema via rádio representa um investimento da ordem de R$ 220 milhões em quatro anos.

 

Fonte: O Alvoradense