Decisão aconteceu na noite de sexta-feira (18) Foto: Eugenio Novaes – CFOAB / Divulgação / OA

Por 26 votos favoráveis das Seccionais e dois contra, o Conselho Federal da OAB decidiu nesta sexta-feira (18) entrar com pedido de impeachment da presidente da República, Dilma Rousseff. Ainda não ficou definido como a diretoria da OAB Nacional procederá para o encaminhamento da decisão junto à Câmara dos Deputados.

Claudio Lamachia, presidente nacional da OAB, resumiu o sentimento da Ordem “mais uma vez a OAB demonstra seu compromisso com a democracia. A decisão do Pleno Conselho Federal representa a manifestação colhida nas seccionais da OAB, mas não nos traz qualquer motivo para comemoração. Gostaríamos de estar a comemorar o sucesso de um governo, com êxito na educação, na saúde, na segurança e na justiça social para toda a sociedade”, afirmou.

“Antes desta reunião, as OABs estaduais consultaram suas bases e 24 Estados se posicionaram previamente favoráveis ao pedido de impeachment. Este foi, acima de tudo, um processo democrático, responsável e técnico. A OAB pratica e defende a democracia. Esta é uma decisão marcadamente majoritária que demonstra a união da advocacia brasileira em torno do tema”, concluiu o presidente.

Fonte: site Conselho Federal OAB