Reunião da executiva estadual contou com Ibsen Pinheiro, Pedro Simon (D) e Osmar Terra (E) | Foto: Juliane Pimentel / PMDB / Divulgação / OA

O PMDB do Rio Grande do Sul anunciou sua saída do governo federal na noite desta segunda-feira (21). A executiva estadual propõe a devolução de todos os cargos que o partido possui atualmente no governo Dilma Rousseff (PT).

Além da executiva estadual gaúcha, o PMDB de Espírito Santo e Santa Catarina também optaram pela saída da base governista. A decisão do Diretório Nacional do partido está marcada para próxima terça-feira (29).

Nota oficial do PMDB-RS
“A Executiva Estadual do PMDB-RS, reunida neste 21 de março de 2016, decidiu se posicionar pela independência do Governo Federal, apoiando a moção da Convenção Nacional que propôs o afastamento e a devolução de todos os cargos ocupados por filiados do PMDB.

Entendemos que o PMDB-RS contribui assim para decisão do Diretório Nacional a ser tomada no dia 29 de março.

O PMDB não deve se furtar a debater e apoiar as medidas necessárias para retomar o desenvolvimento nacional mesmo sem qualquer atrelamento a um governo que nunca o considerou nas decisões tomadas até agora.”

Fonte: O Alvoradense