Decisão ficou pra próxima semana

Primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho. Cenário: estádio Centenário. Protagonistas: Caxias do Sul e Internacional. Uma final de campeonato regional pouco vista. Em todo o Brasil se acompanhava suas finais. Cada estado com seu clássico, e o Rio Grande do Sul não ficaria sem o seu tradicional espetáculo.

É costume do povo gaudério acompanhar um Gre-Nal marcando o fim do primeiro semestre de bola. Mas quem mostrou que no Interior também tem bom futebol foi a equipe grená. Quem estava presente na Serra pode ver o Caxias fazendo o primeiro gol e dominando o campo durante todo o primeiro tempo. De fato o Inter estava desfalcado de 6 jogadores, mas isso não tira o mérito de Mateus, que foi o nome da alegria Caxiense aos 43 minutos. Em contra-ataque puxado por Fabinho, o volante Mateus recebeu a bola na área e chutou forte, de esquerda, para abrir o placar, fazer justiça com o andamento da partida e assustar de vez o Inter. Seria inédita a vitória para o time, que disputa a série C, diante do gigante Internacional; porém, não é de se esquecer que uma partida é feita de 90 minutos. E os outros 45 minutos vieram.

Oscar, depois de toda a novela diante do São Paulo, fez por merecer toda a vontade e saudade que o torcedor colorado estava dele. Aos 10 minutos, ele recebe a bola na esquerda e parte para o drible. Após um corte para a direita, ele finaliza bem e estuda as redes. Além de se destacar na equipe Porto Alegrense, o garoto marcou o gol de empate do Inter. Sozinho, ele driblou tudo e todos e ganhou o carinho dos presentes. Em sua comemoração, ele chorou emocionado.
Depois do empate, a balança pendeu para o Colorado. Mostrou a superioridade do jogo vermelho. Mesmo com isso, não foi possível ver mais gol. E assim ficou a primeira partida. O 1 a 1 é bom para o Colorado por obter o gol qualificado fora de casa. Domingo que vem é a decisão no estádio Beira-Rio. Conheceremos o Campeão Gaúcho de 2012.
Caxias 4-4-2: Paulo Sérgio; Michel, Jean, Lacerda, Fabinho; Wangler (Juninho), Umberto, Mateus, Vanderlei (Marcos Paulo); Caion (Rafael Santiago), Paraná.

Internacional 4-5-1: Muriel; Nei, Índio, Bolívar, Fabrício; Guiñazu, Tinga (João Paulo), Sandro Silva, Oscar, Jajá (Gilberto); Jô.

 

Fonte: O Alvoradense