Alagamento da rua Tenente Gomes, na Liberdade, em Sâo Paulo | Foto: Paulo Pinto/ Fotos Públicas / OA

A situação das enchentes é grave na região metropolitana de São Paulo. O Corpo de Bombeiros contabilizou 15 mortes por conta da forte chuva, vítimas de soterramentos ou afogamento.

O temporal afetou algumas linhas de ônibus e gerou grande prejuízo para comerciantes locais. A inundação causou perda de alimentos na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Caegesp).

O acúmulo de água fez com que o Rio Pinheiros transbordasse próximo à Ponte Cidade Universitária e à Ponte Engenheiro Ary Torres. Além dele, o Rio Tietê aumentou o volume a ponto de chegar na altura da Ponte Dutra e Ponte do Limão.

Para alívio dos paulistanos, a instabilidade já está se afastando do Estado. As nuvens carregadas se deslocaram para o Sul de Minas Gerais, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro. Algumas pancadas de chuva ainda irão acontecer em São Paulo, mas não mais com tamanha intensidade.

Fonte: O Alvoradense / Com informações da Agência Brasil