Fernandão tenta reintegrar o grupo para enfrentar o Cruzeiro | Foto: Alexandre Lops / Inter / OA

A lateral esquerda titular do Internacional seguirá com Fabrício. No primeiro coletivo da semana, Fernandão preferiu manter o jogador na equipe. Mesmo com Kleber de volta aos trabalhos. A escolha pode ter influência ainda da recuperação do camisa seis, mas de todo jeito permite que o Colorado repita a formação, que ganhou do Bahia por 3 a 1, no confronto com o Cruzeiro.
No campo principal do CT do Parque Gigante, por mais de 30 minutos, Fernandão orientou o trabalho com a seguinte formação: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo (Jackson), Índio e Fabrício; Ygor, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Forlán e Damião. Kleber ficou o tempo todo no time reserva.

Ele foi liberado pelos médicos e fisioterapeutas nesta semana, voltando a trabalhar com bola na quarta. Kleber ficou parado – em virtude de uma lesão muscular na coxa direita, um mês. Uma das razões que pode explicar a condição de reserva do lateral, um dos líderes do vestiário.

Na atividade, Rodrigo Moledo saiu mais cedo. De acordo com a assessoria de imprensa do Inter, o zagueiro sentiu um desconforto muscular. Mas os médicos não o tratam como dúvida para a partida de sábado, em Varginha, às 18h30min.

A repetição da equipe ainda não está 100% confirmada. Na tarde desta quinta D’Alessandro será julgado no STJD pela expulsão contra o São Paulo. Se ele for absolvido, Fernandão terá o mesmo time em duas rodadas consecutivas pela primeira vez.

Fonte: O Alvoradense