Desde 2014 médicos cubanos também atuam em Alvorada | Foto: CCS/Divulgação/OA

Os seis novos médicos cubanos, trazidos a Alvorada pelo programa Mais Médicos, conheceram nesta manhã as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) onde vão trabalhar.

Antes de se dirigirem aos postos, os profissionais foram apresentados pelo prefeito Professor Serginho e a secretaria municipal de Saúde, Janete Conzatti, no Salão Nobre da prefeitura.

Com o acréscimo, Alvorada passa a contar com doze médicos de Cuba. Seis já iniciaram os trabalhos em novembro.

O Programa Mais Médicos, lançado em julho pelo Governo Federal, integra um amplo pacto de melhoria do atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde, que prevê mais investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde, além de levar mais médicos para regiões onde há escassez e ausência de profissionais.

Veja para onde vai cada profissional:

Nordis Rodrigues Monges
Tem 39 anos, 13 anos de formação, tem experiência de 5 anos em trabalhos na Venezuela e irá para UBS Nova Americana;

Milagros Noemi Soto Santiesteban
Tem 42 anos, atuando como médica há 18 anos, com experiência de 4 anos na Venezuela e trabalhará na UBS do Jardim Algarve;

Maria Margarita Mayor Toro
Tem 45 anos, 20 anos de experiência médica, atuou durante 3 anos na Venezuela e 2 anos na Bolívia e atenderá na UBS Tijuca;

Mercedes Zulema Zomora Febles
Tem 42 anos, 18 anos de formação, experiência de 5 anos na Venezuela e medicará na UBS Intersul;

Odalys Diaz Vieyto
Tem 50 anos, 25 anos de experiência, sendo 5 anos na Venezuela e um ano e meio na Guatemala, atenderá na UBS Stella Maris;

Midiala Quintana Gomes
Tem 44 anos, 20 anos de formação tendo 7 anos atuado na Venezuela e irá atuar com a comunidade na UBS Umbu.

Fonte: O Alvoradense