Professores acompanham votação do reajuste em frente à Assembleia Legislativa, em Porto Alegre | Foto: Divulgação / Cpers / OA

Atendendo ao chamado do Cpers-Sindicato, sete escolas de rede estadual de Alvorada estão paralisadas nesta terça-feira. O ato serve para que o professores acompanhem, em frente à Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, a votação do projeto de reajuste dos vencimentos do magistério. Segundo o sindicato, mais de mil professores de diferentes regiões do estado estão acampados no local.

A direção do sindicato apresentou proposta para que a categoria aceite o reajuste de 23,5% oferecido pelo governo, mas em parcela única no mês de maio. O projeto do Executivo prevê pagamento em três vezes até fevereiro de 2013. Os professores aceitaram a alteração, que será encaminhada pelo Cpers aos deputados para que discutam a contraproposta com o governo.

Saiba quais escolas paralisaram em Alvorada
Julio Cezar Ribeiro De Souza
Senador Salgado Filho (parcialmente)
Manuel Luiz Osório (parcialmente)
Mauricio Sirotsky Sobrinho
Nossa Senhora Aparecida
Campos Verdes
Mario Quintana
Olga Benário Prestes
Vale Verde

Fonte: Aline Vaz / O Alvoradense