Candidata do PT à Prefeitura de Alvorada foi a segunda entrevistada ao vivo pelo jornal O Alvoradense | Foto: Reprodução / OA

A candidata do Partido dos Trabalhadores à Prefeitura de Alvorada, Giovana Thiago, foi a segunda entrevistada na série de programas ao vivo que o jornal O Alvoradense está promovendo com os candidatos para chefiar o Executivo municipal nas eleições deste ano. A primeira foi Meri Brum.

A ordem dos programas foi definida durante reunião ocorrida previamente entre representante dos candidatos. Foram três blocos de 15 minutos cada, sendo o primeiro destinado à apresentação do candidato e perguntas feitas pela equipe de redação do jornal. No segundo, destaque para as perguntas enviadas por leitores e, no último, perguntas do jornal O Alvoradense mescladas com de leitores.

Por um problema técnico, o terceiro bloco não foi ao ar, e Giovana retornou à redação onde foi regravada esta parte da entrevista, com as mesmas perguntas e respostas do primeiro momento. O vídeo foi publicado na íntegra ainda durante a tarde e todos os candidatos e coligações foram notificados previamente do procedimento.

No primeiro bloco, Giovana se apresentou aos eleitores, tendo antes elogiado a importante iniciativa do jornal. Afirmou ser nascida e criada na cidade, onde completa 29 anos de serviço público, dando aulas inicialmente na Educação de Jovens e Adultos. Ela falou principalmente de sua caminhada junto à deputada estadual Stela Farias, ex-prefeita de Alvorada e com quem trabalha há 22 anos. Contou que o convite para ser candidata foi feito pela própria deputada “para que possamos renovar e trazer as mudanças necessárias à cidade”.

Perguntada quais motivos podem levar o eleitor a confiar em um novo candidato petista, tendo em vista o atual governo Serginho, que não concorre à reeleição, Giovana afirmou que o seu compromisso é devolver à cidade um patamar de desenvolvimento semelhante ao que Stela Farias realizou nos anos 90. “Consideramos que os oito anos em que Stela comandou a cidade, foram os mais promissores (…) e é isso que queremos devolver para a cidade”.

Quando questionado sobre o “alinhamento das estrelas” (governos do PT no país, estado e município), e que hoje se vê desfeito com a escanção de Sartori e Michel Temer – ainda que interinamento -, Giovana afirmou que o momento é de luta e fiscalização para que cheguem ao município os investimentos já gravados no orçamento da União para Alvorada.

Ela reconhece que não será fácil administrar a cidade, devido à crise financeira, mas se diz preparada. “Serei uma prefeita de muito trabalho, diálogo e efetivação de parcerias”. Quanto às diferenças entre o seu governo e o do petista Professor Serginho, ela considera que um governo tem muito a cara de sua liderança. “Tenho um perfil agregador, mas de muito cuidado e pulso firme para poder realizar o que acredito ser o melhor para o cidadão e cidadã”.

Assista ao vídeo do primeiro bloco:

No segundo bloco, a candidatada petista falou do aumento de arrecadação, transporte público, governo Serginho, UPA, cargos de confiança, UBSs e investimentos nas áreas de cultura e praças. Todos os questionamentos foram enviados por leitores.

Tendo como grande desafio o aumento da arrecadação, ela acredita que ações de apoio ao comércio local e incentivo ao consumo na cidade são importantes. “Vamos valorizar o pequeno comerciante e a área de serviços”, enfatizou.

Instigada por um leitor, Giovana voltou a avaliar o governo Serginho e disse acreditar que ao se tornar amplo com o apoio de outros partidos, surgiram benefícios e dificuldades à administração. Também a crise financeira dificultou o bom andamento da administração, “mas houveram muito avanços”, ponderou.

No caso da UPA e das UBSs ainda não em funcionamento, ela diz ser essa uma prioridade do seu governo, e que deve ser resolvida logo nos primeiros meses. “No caso da UPA vamos abrir com a modalidade de atendimento em 12 horas e evoluir para 24 horas”. Para otimizar os atendimentos, ela afirmou que vai realizar concurso público na área da saúde, entre outras ações.

Quanto ao números de Cargos em Comissão (CCs) e Função Gratificadas (FGs) Giovana acredita ser preciso diminuir o número desses cargos e ao mesmo tempo há a necessidade de valorizar e qualificar o servidor público, o que considera “uma tendência em todo o país”. Novamente o diálogo foi ao citar os investimentos na área da cultura, com a proximidade com os produtores culturais, potencializando os existentes e buscando os novos.

Assista ao vídeo do segundo bloco:

A candidata iniciou o terceiro e último bloco citando a necessidade de um perfil técnico para o seu secretariado, com a busca de competência e conhecimento, principalmente de Alvorada. “Teremos pessoas comprometidas com a cidade e à disposição do povo alvoradense”, assegurou.

Quanto às cheias que atingem boa parte da cidade, principalmente o bairro Americana e Nova Americana periodicamente, ela considerou ser necessário acompanhar as obras do dique, mas em vista à demora de seu início e conclusão, “se faz necessário o desassoreamento de arroios e a atenção à Defesa Civil para que, quando necessário, possa acolher as famílias que venham a ser atingidas pelas enchentes”. Ela garantiu um trabalho preventivo permanente nestas áreas.

No que se refere ao IPTU e a polêmica atualização da planta de valores, que chegou a aumentar o imposto em até 100% em alguns casos, Giovana diz que pretende centrar esforços na diminuição da inadimplência, que hoje está em torno de 90%, segundo dados apresentados pela própria candidata. “Quando o governo Stela se encerrou, eram 80% os pagantes na cidade e esse número foi diminuindo”. Ela lembrou que foram ações junto à comunidade, principalmente através do Orçamento Participativo que levaram a população à consciência da importância do pagamento de impostos. “Vamos debater com a sociedade por meio do OP“, ressaltou.

Ao encerrar, Giovana voltou a afirmar que sua referência de gestão é o Governo Stela Farias, e que tem “o objetivo e avançar ainda mais no desenvolvimento da cidade”.

Assista ao vídeo do terceiro e último bloco:

O próximo candidato a ser entrevistado ao vivo será Carlos Drebes (PEN). A transmissão começa às 10h pela página do jornal O Alvoradense no Facebook. Perguntas podem ser enviadas pelas redes sociais ou pelo e-mail redacao@oalvoradense.com.br

Fonte: O Alvoradense