Foto: Divulgação / Arquivo / OA

Um fenômeno nas urnas. Assim pode ser definida a campanha do petista Cristiano Schumacher da Luz, ou simplesmente Schumacher. Foram incríveis 4.423 votos, garantindo um recorde absoluto na história das eleições na cidade.

Nos últimos quatro pleitos municipais o candidato mais votado segue superando seu antecessor. Em 1996 João Carlos Mendes (PDT) conquistou nas urnas 1.642 votos. Na eleição seguinte ele mesmo se superou, tirando das urnas 2.137 votos. Em 2004 foi a vez de Denis Dib (PP) se destacar. Foram 2.955 votos. No último pleito, no entanto, a disputa entre os mais votados foi apertada. Valter Slayfer (PDT) conquistou 3.073 votos. O segundo mais votado naquele ano foi José Geraldo de Farias (PDT), com apenas quatro votos de diferença. Professor Borba (PTB) ficou logo atrás com 3.051 votos, 18 a menos que o segundo.

Neste ano, no entanto, Schumacher garantiu a primeira colocação com folga. Segundo colocado nas urnas, Zézo (PDT) teve 1.449 votos a menos.

Ainda durante a noite de ontem, logo após o início da festa petista na praça João Goulart, Schumacher dedicou a vitória aos eleitores que “acreditaram no futuro, na parceira com o Governo Federal e que é possível mudar a cidade”, disse.

Fonte: O Alvoradense